quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Dores de cabeça e enxaquecas

1 – Qual a diferença entre uma enxaqueca e uma dor de cabeça?

O nome técnico para a vulgar dor de cabeça é cefaleia. As cefaleias podem ser divididas em 2 grandes grupos: primárias e secundárias.
As cefaleias primárias são uma doença enquanto que as cefaleias secundárias são sintomas de outras doenças ou problemas de saúde (ex. hipoglicemias - baixa de açúcar no sangue, abstinência alcoólica, gripe).

A enxaqueca é um tipo de cefaleia primária. A enxaqueca é tão conhecida pois é das cefaleias mais frequentes e pode ser incapacitante e reduzir significativamente a qualidade de vida de quem é afectado.


2 – Quais as causas e sintomas de cada uma?

A enxaqueca caracteriza-se por uma dor pulsátil (latejar) e localizada em apenas um lado da cabeça. É frequentemente acompanhada por náuseas, vómitos, sensibilidade à luz, ruído e cheiros fortes. A causa da enxaqueca ainda não é totalmente conhecida mas sabe-se que a susceptibilidade genética é um factor relevante. O stress, as alterações hormonais, a exposição ao fumo, luzes ou ruídos muito fortes, podem desencadear a enxaqueca.

Em relação às outras cefaleias, existem mais de 200 tipos, logo a caracterização das suas causas e sintomas não é fácil. O ideal é procurar o Médico de Família ou um Neurologista para ajudar no diagnóstico e tratamento.

3 – Quais os melhores chás, sumos, batidos e vitaminas contra a enxaqueca?

Quanto à alimentação, existem alguns alimentos que são frequentemente associados ao desencadear da enxaqueca: queijos, chocolates, morangos, mariscos, vinhos e molhos artificiais.

Como esta questão é muito pessoal, o ideal é fazer um registo alimentar diário juntamente com um diário das suas crises de enxaqueca durante algumas semanas e tentar descobrir quais são os alimentos precipitantes.

Além disso, é fundamental evitar jejuns prolongados e fazer pequenas refeições de 3 em 3 horas aproximadamente, dado que a glicose (açúcar) é a principal fonte de energia do cérebro.

Vários estudos científicos têm demonstrado que as vitaminas do complexo B podem prevenir as crises de enxaqueca. Reforçar a ingestão de legumes e cereais integrais (ricos em vitaminas do complexo B) é aconselhável na prevenção das enxaquecas.

O chá de gengibre é um dos mais conhecidos para a prevenção de enxaquecas, pois possui propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

O chá ou um suplemento de Ginkgo Biloba também pode ser muito útil pois melhora a circulação sanguínea e a irrigação dos tecidos, nomeadamente o tecido cerebral.

4 – Quais os melhores chás, sumos, batidos e vitaminas contra a dor de cabeça?

Neste caso, a solução passa por descobrir a causa da vulgar dor de cabeça.
Por exemplo, se a causa fôr stress, uma boa infusão calmante poderá ajudar – camomila, cidreira, flor de laranjeira ou valeriana são boas opções.
Se a dor de cabeça estiver relacionada com o cansaço, a cafeína do chá verde ou do chá preto poderá audar.

2 comentários:

Ντόρα disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Sandra Almeida disse...

Peço desculpa, eliminei o comentário por engano :(
Provavelmente o que lhe acontece é por causa de picos de glicemia. Não passa demasiadas horas sem comer?